< Voltar

Vacina para seu pet: um ato de amor e cuidados

Os animaizinhos trazem muita alegria para os nossos lares, mas a gente sempre frisa aqui a importância de ser um tutor responsável, principalmente com a saúde deles, já que eles não falam e não avisam quando algo está errado.

A maioria dos filhotes de mães sadias e vacinadas, já possui anticorpos maternos suficientes para protegê-los nas primeiras semanas de vida, mas é preciso imunizar adequadamente os filhotes. Venha saber mais.

A vacinação em cães e gatos

É recomendado que as vacinas sejam feitas somente por profissionais da saúde animal. A imunização dos filhotes de cães e gatos deve começar cedo, geralmente a do cachorro começa aos 30 dias de vida com o uso do vermífugo, depois por volta dos 40 dias com a aplicação da primeira dose de v8 ou v10 e antipulgas, depois somente aos 60 dias com a vacina contra a tosse e em torno dos 120 dias, a vacina antirrábica.
É importante se atentar e esse calendário de vacinação (confira na galeria) pois  há a repetição da dose de algumas delas.
As vacinas que devem constar no calendário de vacinação do seu cachorro são:

  • vacinas múltiplas ou polivalentes, v8 e v10, que protegem os cães de sete doenças consideradas graves: cinomose , hepatite infecciosa canina, parvovirose, leptospirose, adenovirose, coronavirose e parainfluenza canina,
  • a vacina antirrábica que protege os cães contra a raiva e dependendo da localidade, e se houver surto, deve-se medicar em menos tempo.Todas as vacinas devem ser repetidas anualmente.

Vacinas essenciais para gatos

Segundo o portal Perito Animal as imunizações mais comuns para gatos são:

  • Vermífugo – pode ser dado em dose única ou em duas, sendo a primeira após 30 dias de vida e a outra após 15 dias. A dose é medida pelo peso do gatinho. Busque por vermífugos próprios para os filhotes felinos,
  • Teste de leucemia e imunodeficiência aos dois meses. Primeira dose de trivalente, contra a panleucopenia (sistema digestivo e sanguíneo), o calicivírus e a rinotraqueite (sistema respiratório),
  • Primeira dose da vacina contra a leucemia felina aos dois meses e meio,
  • Reforço da vacina trivalente, aos três meses,
  • Reforço da vacina da leucemia aos três meses,
  • Primeira vacina contra a raiva aos quatro meses,

Cada uma dessas vacinas deverá ter uma dose repetida anualmente.

Apesar dessas informações, existem situações como a cidade onde mora, imunidade do animal, epidemias, que exigem outras vacinas, ou reforço delas, e devem sempre ser prescritas e ministradas pelo veterinário de confiança.
Cuide sempre da saúde do seu animalzinho. Vacinar é um ato de amor.

Clique nas fotos
para ampliar ou
ver mais aqui

Compartilhar

Veja Também