< Voltar

Páscoa e o perigo de chocolates para os pets

Quem não ama um chocolate? Nesta época de Páscoa, a casa fica mais repleta ainda dessas guloseimas e na hora que você abre um ovo, ou uma embalagem de chocolate é fatal seu pet fazer olhinhos pidonchos, não é mesmo? Mas, não caia na tentação de fazer um agrado e dar um pedacinho ou deixar esse tipo de doce espalhado pela casa.

O chocolate consumido por nós, não pode em hipótese alguma ser oferecido para o seu pet, principalmente para os cachorros. Venha saber o porquê.

Não dê chocolate para seu pet

Por mais que você fique tentado a dar um pedacinho que seja, não dê chocolate para seu pet. No chocolate existe uma substância chamada teobromina que está presente no cacau usado para a fabricação dele e o organismo dos pets não consegue metabolizar podendo provocar uma intoxicação perigosa.

O interessante é que as quantidades tóxicas não precisam ser ingeridas de uma única vez, pois a teobromina pode permanecer no organismo do pet por até seis dias, e se ele comer pequenos pedaços em dias seguidos, a intoxicação pode ser fatal.

O correto é evitar deixar ovos de Páscoa ou chocolate espalhados pela casa e de fácil acesso para os animais, mas, se por acaso ele comer um pedaço, leve-o imediatamente para o veterinário.  Fique de olho nos sintomas: vômito, diarreia, beber água mais que o normal, náuseas e arritmias cardíacas. Além disso, os cachorros podem apresentar incontinência urinária, aumento da temperatura e em casos mais graves gerar coma e morte, pois pode ocorrer hemorragia intestinal em alguns casos, normalmente entre 12 e 24 horas após a ingestão.

Se deseja agradar seu pet com chocolate, procure por esse tipo de alimento desenvolvido especialmente para a raça dele em lojas pets. Hoje em dia existe todo tipo de alimento para todo tipo de pet.

Fique de olho e tenha uma páscoa tranquila e sem sustos com seu pet.

Compartilhar

Veja Também